Codex Mundo Algodão

domingo, 24.09 12h06

28.09/ 20h

  • CODEX MUNDO ALGODÃO
  • [obra-plataforma]
  • A autoria de CODEX MUNDO ALGODÃO não é compartilhada, mas ubíqua. Hackeando e se transmutando no ambiente estético de Alejandro Ahmed – o usuario-codex deste ato, CODEX é imigrante e tem sotaque.
  • CODEX, de Sheila Ribeiro (São Paulo/ Br)
  • MUNDO ALGODÃO, de Alejandro Ahmed (Florianópolis/ Br)
  • Dança: Sheila Ribeiro/Alejandro Ahmed
  • Som: Tom Monteiro
  • Moda: Karlla Girotto
  • Luz: Mauro Martorelli
  • Produção: Corpo Rastreado
  • Agradecimentos: Grupo Cena 11, Cecilia Blasius, Renné Araujo, JUSC – Jurerê Sports Center Florianópolis, Oroboro Cia de Teatro (Danilo Cianciarulo) SP, Massimo Canevacci.
  • Criação subsidiada pelo 16º Programa Municipal de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo. Edição 2014.
  • Neste trabalho Sheila Ribeiro aponta os códigos e as configurações que constroem culturas, pessoas e artes, relativizando suas normalidades contextuais. 
  • PLATAFORMA CODEX
    “A plataforma CODEX é um experimento que criei em 2029. Sou fascinada pela tecnologia digital e androides em geral. Hoje, sou o código Alejandro Ahmed. Dados estão correndo por trás de seu design. Sabe que ontem fui usuária? Agora hoje, meu amor, só sistema.”
    A plataforma CODEX é um eixo de pesquisa da artista Sheila Ribeiro que possibilita um mergulho nas danças contemporâneas produzidas no Brasil. CODEX é uma obra que se constrói no tempo, de maneira dilatada e expandida, por diversas obras autônomas, como se fossem “tracks”, “cenas”, “capítulos” e “manifestações” – como episódios que formam uma série. A plataforma é, portanto, construída em atos e, em cada ato CODEX, um artista pesquisado é convidado para ser o usuário da plataforma.
  • Valor sugerido da entrada: R$ 10,00
  • 80 lugares
  • No local haverá venda da cerveja artesanal Indolor.
  • Foto de divulgação do trabalho: Tiago Lima

Foto